segunda-feira , agosto 21 2017
Home / Esporte / Agora é Libertadores: veja como estão os rivais do grupo do Fla após pausa

Agora é Libertadores: veja como estão os rivais do grupo do Fla após pausa

Torneio continental volta a ser disputado nesta quarta-feira, quando a equipe do técnico Zé Ricardo recebe o Atlético-PR. GloboEsporte.com mostra situação dos adversários

Agora é Libertadores: veja como estão os rivais do grupo do Fla após pausa

São quase quatro semanas de espera para jogar de novo pela Libertadores. Na incômoda terceira colocação no grupo 4 , o Flamengo volta suas atenções novamente para o torneio continental. O rival agora será o Atlético-PR. Nas duas primeiras rodadas, o Rubro-Negro venceu o San Lorenzo (4 a 0 no Maracanã) e perdeu para o Universidad Católica ( 1 a 0 no Chile). Agora, o GloboEsporte.com analisa como foram as últimas semanas dos adversários da equipe do técnico Zé Ricardo.

Atlético-PR

Depois de passar pela Pré-Libertadores, o Atlético estreou na fase de grupos com empate diante do Universidad Católica (2 a 2 na Arena da Baixada) e depois conquistou a importante vitória fora de casa diante do San Lorenzo (1 a 0 em Buenos Aires). Desde então, os titulares passaram a jogar também pelo Campeonato Paranaense (que era disputado pelo time reserva), e o Furacão se classificou para as semifinais da competição. Neste domingo, a equipe segurou o 0 a 0 fora de casa diante do Paraná para avançar às semis.

Atlético-PR desde a última rodada da Libertadores: duas vitórias, três empates e uma derrota

No clássico, o volante Otávio sentiu o músculo adutor da coxa e virou dúvida para o duelo com o Flamengo. Outro que preocupa é o argentino Lucho González, que foi substituído aos 20 minutos após sentir dores.

Certo é que o Furacão terá desfalques importantes nesta quarta-feira no Maracanã: o meia Felipe Gedoz e o atacante Pablo. Eles levaram o terceiro amarelo no último confronto pela Libertadores.

Furacão ainda não sabe se poderá contar com Grafite para o jogo de quarta-feira  (Foto: PR PRESS)

Furacão ainda não sabe se poderá contar com Grafite para o jogo de quarta-feira (Foto: PR PRESS)

Por outro lado, o departamento médico do time paranaense trabalha para poder contar com o atacante Grafite e com o meia Carlos Alberto. O primeiro tem mais chances de ser relacionado para o confronto do Maracanã.

Universidad Católica

O empate fora de casa diante do Atlético-PR (2 a 2) e a vitória sobre o Flamengo (1 a 0, no Chile) deram ânimo para a equipe do Universidad Católica. Se antes das primeiras rodadas da Libertadores, a equipe encontrava dificuldades para ”engrenar” nesta temporada, depois voltou a ser competitiva.

Universidad Católica desde a última rodada da Liberta: Duas vitórias e um empate

Isso refletiu no Campeonato Chileno, onde a equipe havia começado mal. Nas últimas semanas foram duas vitórias (Cobresal e Temuco) e um empate (contra o Palestino, neste fim de semana). Atualmente, ocupa a nona colocação geral – a seis pontos da liderança.

Santiago Silva marcou o gol do Católica diante do Flamengo no Chile  (Foto: REUTERS/Ivan Alvarado)

Santiago Silva marcou o gol do Católica diante do Flamengo no Chile (Foto: REUTERS/Ivan Alvarado)

A base da equipe titular é a mesma que ganhou do Flamengo há quase quatro semanas. Para o jogo de quarta-feira, diante do San Lorenzo, o técnico Mario Salas não tem suspensos. No entanto, Fuenzalida e German Lanaro ainda são dúvidas para o confronto porque sentiram dores musculares recentemente. Buenanotte e Santiago Silva são os goleadores do time, com três gols cada.

San Lorenzo

As duas primeiras rodadas da fase de grupos foram muito ruins para o San Lorenzo. Perderam para o Flamengo (por 4 a 0 no Maracanã) e para o Atlético-PR (por 1 a 0, em sua casa). Desde então, algumas mudanças foram feitas. Na lateral esquerda, Gabriel Rojas passou a ter mais chances que o então titular Montoya. O técnico Aguirre tem testado formações diferentes, alterando Botta e Merlini avançados. Após um começo de temporada abaixo do esperado, destaques como Belluschi e Ortigoza conseguiram melhorar um pouco o rendimento nas últimas semanas.

San Lorenzo desde a última rodada da Libertadores: Duas vitórias e duas derrotas

Depois do Atlético-PR (dia 15 de março), o San Lorenzo jogou quatro jogos pelo Campeonato Argentino. Foram duas vitórias (diante de Godoy Cruz e Sarmiento) e duas derrotas (diante de Quilmes e Tigre). A equipe ocupa a quarta colocação do torneio nacional.

Atlético-PR levou a melhor sobre o San Lorenzo jogando em Buenos Aires  (Foto: Gazeta do Povo/Albari Rosa)

Atlético-PR levou a melhor sobre o San Lorenzo jogando em Buenos Aires (Foto: Gazeta do Povo/Albari Rosa)

O meia Cerutti e o atacante Blandi estão em fase final de recuperação de lesões. A expectativa, no entanto, é de que ambos entrem em campo nesta quarta-feira, contra o Universidad Católica, em Santiago. Ídolo do clube argentino, Romagnoli trata uma distensão, mas não vem tendo muitas oportunidades em 2017. Os três, no entanto, treinaram normalmente neste domingo.

Por Amanda Kestelman, Rio de Janeiro

Globo Esporte