sexta-feira , janeiro 19 2018
Home / Alagoas / Instituto Amigos da Sopa de Alagoas pede doações para campanha de Natal

Instituto Amigos da Sopa de Alagoas pede doações para campanha de Natal

Instituição conta com participação de novos colaboradores e empresários na arrecadação de alimentos para distribuição de cestas básicas

↑ Instituto Amigos da Sopa de Alagoas (Foto: Assessoria)

A campanha natal Solidário 2017 do Instituto Amigos da Sopa, já começou. E pelo quarto ano consecutivo fará doações de roupas, brinquedos e principalmente cestas básicas para famílias de comunidade carente em Maceió.

De acordo com o idealizador, Tibério Jorge, quando o Natal se aproxima, o espírito solidário se renova nas pessoas e as deixam um pouco mais sensibilizadas. “E com o Instituo Amigos da Sopa de Alagoas não é diferente. Apesar de ajudarmos o próximo com ações durante todos os meses do ano, o Natal para nós tem um significado muito importante de renovação e esperança. Então nada melhor que aproveitar a data pra fortalecer essa corrente do bem”. Avalia.

E foi esse espírito de solidariedade e fraternidade que inspirou a Campanha Natal Solidário IASAL, que pretende beneficiar cerca de 80 famílias da comunidade Cidade Sorriso I, em Maceió, com ações assistenciais por meio de arrecadação de donativos (alimentos, brinquedos, vestuário, materiais de higiene e limpeza).

O Natal Solidário 2017 acontecerá no dia 23 de dezembro e o sucesso desta campanha depende do coração solidário de cada um de nós. Pequenos gestos geram grandes transformações e para doar é bem simples: Os interessados em contribuir podem entrar em contato com o Instituto Amigos da Sopa de Alagoas pela página oficial no Facebook: Amigos da Sopa de Alagoas, ou ligar para o número (Whatsapp): 9- 9995-2020.

A única exigência para doação é de que os brinquedos e roupas estejam em bom estado de conservação. É importante informar ainda na embalagem, se o brinquedo e/ou a roupa é para menino ou menina, e no caso da roupa, a idade correspondente também na embalagem. Lembrando que o mais importante é o gesto de solidariedade.

Fonte: Assessoria