Reeducando é morto em tentativa de fuga de presídio em Maceió

Data: 08/07/2018


Um reeducando, identificado como José Silvano de Freitas Silva, de 34 anos, foi morto durante uma tentativa de fuga do Presídio Cyridião Durval, no Sistema Prisional de Alagoas, na parte alta de Maceió, no início da manhã deste domingo (8).

De acordo com informações do presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários (Sindapen ), Kleyton Anderson, o homem foi atingido por no mínimo um disparo de arma de fogo.

Já o vice-presidente do Sindapen, Petrônio Lima, relatou que o reeducando estaria em uma cela isolado dos demais. Ele teria quebrado uma parede e saído pela cozinha do local.

Segundo ele, as instalações de bloqueadores e de scannes corporais diminuíram a entrada de droga no presídio, e pode ter motivado a fuga do detento.

“Eles ficam mais agoniados sem a droga. Aí eles tentam matar uns aos outros para poder desestabilizar a administração pública e também buscam a fuga”, destacou.

A Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) emitiu uma nota sobre o ocorrido e informou que vai abrir um Procedimento Administrativo Disciplina (PAD) para apurar as circunstâncias da morte de José Silvano.

Ainda segundo a nota, a Seris reforçou que a equipe médica da unidade prestou socorro ao reeducando, que foi ferido após intervenção. Ele foi encaminhado ao Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu.

Leia na íntegra:

A Secretaria de Estado da Ressocialização e Inclusão Social informa que abriu um Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD) para apurar as circunstâncias do óbito do reeducando José Silvano de Freitas Silva durante tentativa de fuga do Presídio Cyridião Durval, situada no Complexo Prisional, na madrugada deste domingo (8).

Na intervenção o apenado ficou ferido, foi socorrido pela equipe médica da unidade e encaminhado para o Hospital Geral do Estado, vindo a óbito, posteriormente. O fato já foi comunicado para Polícia Civil e será informado para Vara de Execução Penal.

A Cela 02 do Módulo G6, onde José Silva cumpria pena, foi isolada. A Secretaria da Ressocialização está adotando todas as providências para garantir a assistência aos familiares de José Silvano de Freitas Silva.

 

 

Fonte: TNH

Você pode gostar também